Deus criou o mal ?


No mundo em que vivemos, há pessoas boas e pessoas más. No mundo espiritual também há anjos bons e anjos maus. Dentro da igreja há ovelhas de Cristo e lobos disfarçados de ovelhas. Até mesmo nas lideranças eclesiásticas, há pastores sérios e dedicados, além de pastores mercenários, que não estão nem aí com as ovelhas. Em outras palavras, tanto no mundo natural, quanto no mundo espiritual, há o bem e o mal. Com base nisto, eu faço a seguinte pergunta: “Foi Deus que criou o mal (no sentido moral)?”. O que a Bíblia tem a dizer a respeito disto? É exatamente sobre isto que trataremos abaixo.
Em 1 João 1:5 está escrito: “E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: QUE DEUS É LUZ, E NELE NÃO HÁ TREVAS NENHUMAS”. Este versículo nos mostra claramente que em Deus não há treva nenhuma. Deus é luz, e por isso, Ele jamais poderia ter criado o mal (trevas).
No Salmo 25:8 está escrito: “Bom e reto é o Senhor; pelo que ensina o caminho aos pecadores”. Este versículo diz que o Senhor é bom. É uma afirmação simples e direta, que não dá margem a nenhuma outra interpretação. DEUS É BOM E PRONTO. Como o Senhor é bom, então, Ele não pode ter criado o mal.
No Salmo 5:4 está escrito: “Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniquidade, nem contigo habitará o mal”. Este texto bíblico diz que o mal não habitará com o Senhor Deus. E por quê? Pelo fato do mal não fazer parte da natureza de Deus e por este motivo, com Ele não habitará o mal. Esta é mais uma prova de que Deus não criou o mal.
Em 1 João 4:16 está escrito: “E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. DEUS É AMOR; e quem permanece em amor, permanece em Deus, e Deus nele”. Esta passagem diz que DEUS É AMOR. Se Deus tivesse criado o mal, Ele não poderia ser AMOR, pois, quem ama não quer ver o mal de ninguém. Por isso, não foi Deus quem criou o mal.
Deus não criou o mal. No entanto, o mal existe. Então, como podemos explicar a existência do mal, se não foi Deus quem o criou?
A resposta é simples: Deus é bom, e criou criaturas boas, com uma qualidade denominada livre arbítrio. Livre arbítrio é a capacidade que todo indivíduo criado tem, de fazer escolhas, sendo assim, responsável por suas próprias escolhas e decisões. Infelizmente, as criaturas de Deus usaram este poder (o livre arbítrio), que é bom, para trazer o mal ao mundo. E como fizeram isso? Ao se rebelarem contra o Criador. Então, o mal surgiu devido o mau uso do poder bom, chamado “livre-arbítrio”. Deus não criou o mal, mas as criaturas livres são responsáveis por torná-lo real.
Embora Lúcifer tenha sido criado por Deus, como todas as coisas, a atitude de Lúcifer não pode ser considerada como sendo de responsabilidade de Deus. Deus criou Lúcifer perfeito, mas por vontade do próprio Lúcifer foi desenvolvido a iniquidade (Isaías 14:13-15; Ezequiel 28:13–18). O mal, no sentido moral, surgiu a partir desta rebelião de Lúcifer, como uma conseqüência. Lúcifer é responsável pelo mau uso do seu próprio livre arbítrio.
Da mesma forma, o pecado e todas as misérias entraram neste mundo por meio da desobediência de Adão (Romanos 5:12), que por sua vez, também fez mau uso do seu livre arbítrio. Em suma: o mal (no sentido moral) é o resultado da corrupção das criaturas boas que Deus criou e ele (o mal) não foi criado por Deus. Deus jamais criou o pecado e Ele não tenta ninguém.
Para finalizar, eu gostaria de salientar o seguinte: às vezes, a palavra “mal” pode significar “punição”, “castigo”, “calamidade”. Em Isaías 45:7 está escrito: “Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu o Senhor, que faço todas estas coisas”. A palavra “mal” nesta passagem tem o sentido de “castigo” e “punição”, pois, Deus usaria Ciro para “abater as nações” e assim, livrar o povo de Israel do seu cativeiro. Espero que tenham gostado deste estudo e até a próxima oportunidade, se Deus assim quiser.

3 comentários:

Josebias D. Onorato disse...

Graça e Paz Alexandre!

A postagem esclarece bem sobre a criação do mal, realmente é atribuída não a criação mas a manifestação dele através da desobediência do deus deste século no princípio, como você sinaliza tornou-o real.

Sempre em Cristo,

Dc Josebias.

Wilderlan Sousa disse...

Ola, que postagem legal, parabens, ate mais... ja estou seguyindo seu blog.
Siga o meu de volta http://chequemaster.blogspot.com.br

jesusmudou disse...

VALIOSA POSTAGEM, POIS AINDA QUANDO FAZEM ESTE TIPO DE PERGUNTA AGENTE SENTE A ASTÚCIA DO PRÓPRIO INIMIGO, PRINCIPALMENTE QUEM NÃO CRÊ EM DEUS.

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Traduzido Por: Template Para Blogspot