Futebol, Igreja Vazia e a Sub-Vitória.



Ontem, dia da final do Brasil X Espanha pela Copa das Confederações, em meio a protestos da maioria e a alienação de boa parte, Brasil afora, fui para o culto como em todos os domingos.
Certo da nossa alienada atualidade, pensei: A única coisa que não quero ver, é a menção do jogo, pelo pastor, ou por qualquer outro…
Implicância, Preconceito, Recalque? De forma alguma… Mas sobre isso, eu falo mais adiante…
Queria ver ainda e, me certificar se a igreja de nossos dias, tão “politizada”, convicta e implacável em sua visão de conquistas e adequação “santa” ao mundo, estaria neste momento tão delicado até para qualquer tolo entender, um pouco mais “ciente” de todo o momento em que vivemos, afinal, temos todos, o Espirito santo que nos orienta e nos diz da vontade do Pai. Ele nos torna PROPÍCIOS e não, alienados.
Puro engano. Um pensamento não inocente, mas cheio de fé, deste que vos escreve…
Metade do grande templo da igreja estava vazio, como em muitas outras.
Mais que puro, meu engano era em pensar que existia no mínimo, uma coerência de nós crentes, com o que aprendemos “de domingo a domingo”; Coerência dos que em suas orações e clamores, pedem, pedem, clamam e batem no peito que são FILHOS nos momentos em que o pregador profetiza bênçãos para suas vidas, – mas que Jesus não lhes impeça o caminho, dia desses, porque, senão…
Inocência absurda, a minha em achar que, apesar de muitos dizerem que vivemos dias maus e que o Senhor não tarda em vir buscar o remanescente de sua igreja, os mesmos, dizem ter “todo o conhecimento, acerca de tudo”, e por esta ideia tola, repetem com um orgulho mais tolo ainda: “Não venha me falar de Bíblia, ou vida cristã! Eu já a conheço! – Só faltou apertarmos a tecla SAP para entender o que na verdade falam: “Me deixe servir ao Senhor do meu jeito”!”.
Mesmo num pais recheado de corrupção, alimentado a “pão e circo”, ainda reservam lugares de honra em suas cabeças para o “desfrutar” do pobre jogo de uma infeliz Copa, em um Pais mais pobre ainda, do qual, dizem como igreja, serem “patriotas” e “solidários” …
Será??
Há semanas, temos vivido momentos tensos, a menos que você seja insensível, quanto a sua posição como cristão (se é que você defende de verdade, esta identidade) e boa parte das igrejas ainda tem um postura, alienada, como se vivêssemos no “Planeta Gospel”…
Talvez, diante do texto, você me diga, como a maioria: “Ora, você está sendo muito radical! Jesus também se divertia…”. E, a partir dai, comece a expor biblicamente, todas a “bases” bíblicas a seu favor, pois como “bom cristão”, você tomou o cuidado de memoriza-las e às guardou, enquanto preparava o “domingo do Senhor”, regado à … “Espera um pouco, Jesus, que daqui a pouco, eu te levo um “pratinho”” (Se ele esperar um pouco, até o resultado do jogo, é claro).
O Senhor Jesus, por ele mesmo, espera e entende. “Ele sabe que somos assim, não é mesmo?”
E que saber? ELE SABE.
Ele sabe de tudo. O Que você, parece não saber, é que ele esperava um pouco mais de nós, como Cristãos.
Ele realmente esperava que você, em meio a tudo isso, estivesse agindo como igreja dele de fato, neste momento tão delicado e difícil.

Independente de sua posição em relação aos protestos, ele esperava que você fizesse a delicada “diferença”; Que fosse propício, como ele vem tentando te ensinar a ser, em toda a sua palavra.
Ele com toda a certeza esperava que você estivesse consciente de que, por mais que façamos parte da pátria celestial, ainda moramos por aqui…
Ele realmente esperava que você estivesse na igreja, ou pelo menos se posicionando, como parte dela. Esperava que você estivesse colocando-o em primeiro lugar, seguindo suas atitudes e seu exemplo.
Além da exclusividade a que tem direito na nossa vida, O Senhor também nos adverte quanto ao nosso posicionamento, porque os dias são maus,…
Mesmo para você, que vive na “Sala V.I.P do céu”, com o “ar condicionado espiritual” e desfruta das bênçãos do reino, que parece “estacionar” em você, somente.
Enquanto isso, muita gente no mundo, inclusive – e principalmente agora -, neste pais, está precisando de tudo o que Deus te deu e tem lhe dado pela sua misericórdia.
“O que tapa o seu ouvido ao clamor do pobre, ele mesmo também clamará e não será ouvido.”
(Provérbios 21:13)

A verdadeira vitória é ser como ele.
Por Rogério Ribeiro

1 comentários:

khyrondesigner disse...

O importante não é ter igreja cheia de gente, o importante é ter uma igreja cheia do Espírito Santo.
"Deus precisa de adoradores que o Adorem em Espírito e em Verdade"
" Onde estiver 2 ou 3 Reunidos, Ali estarei no meio deles"
Deus não precisa de quantidade de Gente nem Oferta ou Dízimo, ele é dono do ouro e da prata.
Quem não estiver interessado em ir para a igreja vai ser culpado de si mesmo.

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Traduzido Por: Template Para Blogspot